sodepaz viajes
Menu

Federação Camponesa KAFO


A Federação Camponesa KAFO foi criada em 1996, e registada oficialmente como associação nacional sem fins lucrativos (ONG) em Dezembro de 2000. A sua sede situa-se em Djalicunda, sector de Mansabá, região de Oio (Guiné Bissau). A acta de registo foi publicada no Boletim Oficial no 50 de 11/12/2000, dotando de fundamento jurídico as 10 associações camponesassocioprofissionais federadas que constituem a KAFO. Tendo como missão fundamental a Autopromoção Comunitária e o Desenvolvimento Rural Durável, a Federação Camponesa KAFO apoia processos de reforço das competências pessoais e organizacionais que asseguram às populações locais a participação na definição e execução das suas opções de desenvolvimento.

Aproximadamente 23.454 camponeses e camponesas beneficiam directamente das intervenções da Federação KAFO em mais de 900 tabancas situadas no norte e nordeste do país (Regiões de Oio, Cacheu e Bafatá).

Para o reforço das capacidades técnicas e organizativas dos/as camponeses/as, a Federação KAFO criou um Centro de Formação Camponesa, de Vulgarização Agrícola e de Valorização dos Saberes Tradicionais. O Centro serve de espaço de concertação para organizações da sociedade civil guineense e instituições estatais, e serve de quadro ideal para realização de acções de intercambio socio cultural entre camponeses, educação para o desenvolvimento, informação e comunicação via rádio comunitária, promoção do género e liderança da mulher no mundo rural.

Os âmbitos de intervenção da organização são os sectores estratégicos de desenvolvimento rural: Agricultura, Pescas, Pecuária, Medicina Tradicional, Saúde Comunitária, Apicultura, Tecnologias Apropriadas, Exploração Comunitária das Florestas, Valorização dos Produtos Rurais, Enquadramento Profissional das Mulheres e da Juventude Rural, Reforço das Capacidades das Organizações Camponesas, Comunicação para o Desenvolvimento, Género e Gestão Sustentável dos Recursos Naturais.